Identidades juvenis

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Gabriela Nardin em Ter Maio 16, 2017 9:13 pm

No mundo de hoje, podemos ter de exemplo como identidade juvenis os geeks, hipsters, funkeiros, rappers, gamers,otakus e muitos outros. As diferenças, ou seja, seu sistema de representação, se encontram no modo de se vestir, no gosto musical, no estilo de vida, na classe social, no ideal político, entre outros. Porém, as identidades juvenis atualmente vem se mostrando cada vez mais não essencialistas, tendo identidades dinâmicas e fluidas, onde uma identidade não se limita a outra. Um hipster pode gostar de jogos, ou um funkeiro gostar de mangás e vice-versa. Desse modo, acredito que a exclusão e a aversão entre grupos não são tão frequentes quanto antigamente, apesar de ainda existirem alguns casos.

Gabriela Nardin

Mensagens : 4
Data de inscrição : 28/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Beatriz de Luca Patriota em Ter Maio 16, 2017 9:16 pm

Todos os jovens procuram um espaço para exercer seu protagonismo, seja na escola, família, igreja, bairro ou no grupo de amigos. O jovem necessita desse espaço para a afirmação da sua identidade para ser ele mesmo sem se sentir julgado. Essa relação consigo mesmo e com os outros que proporciona ao indivíduo a capacidade de se encaixar em algum lugar e a aceitar-se, ficando longe do sentimento de isolamento. E é nessa hora que surgem as identidades juvenis também chamadas de tribos urbanas, como por exemplo, os emos que são distinguidos de outros grupos por possuírem franjas, piercings no rosto e por usarem roupas predominantemente escuras e os surfistas que possuem como filosofia de vida desde o mar, as ondas e as energias, usam roupas leves, bermudas, saias e roupas apropriadas para o surf. Esses grupos não procuram excluir outros necessariamente, todavia podem ocorrer aversões a pessoas que não participam do mesmo grupo, ou a pessoas que possuem uma identidade juvenil com ideias contrarias das suas.

Beatriz de Luca Patriota

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por AnnaCouto em Ter Maio 16, 2017 10:01 pm

Identidades são construídas tendo como base uma ou mais características principais, como gosto musical, modo de se vestir ou uma atividade específica (jogar, dançar, andar de skate...)  Um grupo identitário muito relevante na atualidade é o grupo dos gamers. Embora não possuam uma idade definida, e a amplitude entre os extremos ser muito grande, pode se dizer que seus maiores representantes estão entre 14 e 24 anos. São caracterizados pelo atividade intensa nos jogos, geralmente virtuais e conectados com diversos outros jogadores. O indivíduo gamer pode preferir ir à grandes eventos de jogos, animes ou comics do que ir à grande festivais de música, por exemplo. No entanto, não acredito que esta identidade dependa de outra para sobreviver, que é excludente; não acredito que seja fixa ou imutável, mas, sim, fluida e mutável, permitindo o indivíduo fazer parte de outros grupos, como ser roqueiro ou belieber, embora acredito que é uma identidade que, quando suas característica entram em conflito com as características principais de outro grupo, ela tende a se sobressair e ser mais aparente nesses tópicos conflitantes.

AnnaCouto

Mensagens : 5
Data de inscrição : 24/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Soraia Noronha em Qua Maio 17, 2017 8:01 am

Algumas identidades que podem ser citadas para comparação são os Indies e os hipsters. Os indies são um desdobramentos dos rockeiros, com uma pegada mais alternativa, soft. É uma tendência contemporânea que tem um maior alcance ao público a partir dos anos 2000, principalmente com bandas como Arctic monkeys, Alabama Shakes, The smiths, The strokes, entre outros. Em geral, como o indie é uma tendência contemporânea, esses seguem bem tendências e moda,adequando para seu estilo pessoal mais alternativo e soft. Este grupo tende a não excluir outros grupos identitários, já que o próprio indie é uma mistura de diversos estilos musicais como o rock, o jazz, o pop e até o hip hop.
Já o hipster é um estilo que nasceu na década de 40, como um movimento contrário as modas. Desde então, este estilo vem renegando qualquer estilo que seja tendência no momento, sendo este seu objeto de distinção (música, roupas, tendências, comportamento). O hipster em geral tem um gosto bem amplo e indefinido, chegando sempre as novidades primeiro, mas a partir do momento que as novidades começam a ser repassadas para outras identidades culturais, essas são simplesmente abandonadas e repudiadas. A partir de 2010, hipster passou a ser uma tendência bem definida no Brasil,chamando atenção com roupas (extravagantes e diferentes, coloridas e sem um sentido lógico de moda) e com festivais alternativos pouco conhecidos(como o Lollapalooza),fazendo com que os próprios hipsters de verdade negassem sua própria identidade.

Soraia Noronha

Mensagens : 3
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Gabriel Côrtes Loureiro em Qua Maio 17, 2017 10:04 am

A identidade dos jovens na atualidade surge na necessidade de representação e espaço na sociedade, na busca por um grupo que conforte e seja compatível com os gostos individuais. Grupos como punks, roqueiros, geeks, otakus são exemplos de criação de um estilo para sua representatividade. Entre os exemplos citados, pode-se notar que tal separação entre os grupos se dão pelas diferentes formas de vestimentas, aparência(caracterização através da maquiagem, diferentes cortes de cabelo etc).
Em certos casos, a afirmação de certa identidade acarreta na exclusão de outras identidades por não se assimilarem em algum ponto em comum. Mesmo que possível a fluidez entre os diversos grupos, é comum que haja certa resistência a tal pois tem-se a sensação de perda de representatividade. Isso promove o conflito "inter-identitários", a aversão ao grupo oposto ou diferente ao que o individuo pertence.
Embora antigamente muito comum, o conflito entre as identidades hoje em dia não se mostra intenso, visto que a sociedade cada vez mais busca a liberdade expressiva, a fluidez individual.

Gabriel Côrtes Loureiro

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Carolina Jürgensen Gonçal em Qua Maio 17, 2017 3:48 pm

A juventude é o período de formação de caráter pessoal e esse processo é garantido a partir da interação humana do indivíduo para com a sociedade, e com os modais sociais existentes no período. Pode-se notar atualmente diversos novos grupos surgindo e coexistindo. Podemos deter como exemplo claro o grupo social que se entitula “nerd” este o qual compartilha gostos e hobbies em comum como quadrinhos, ficção científica, RPG, vídeo games, etc. Outrora hostilizados pelo restante da sociedade por deterem apreço por assuntos distintos do seu núcleo de gostos socialmente aceitáveis, estes recentemente ganharam grande espaço e respaldo advindos de uma maior aceitação social e mudanças das preferências da juventude. A identidade do indivíduo é construída a partir de interação humana, ao se compartilhar regras, valores, padrões. Essas instituições que influenciam e permeiam as escolhas sociais do indivíduo em formar seu conjunto de preferências, dessa forma o uso de artifícios como roupas, cores, diferentes estilos. Podemos ter como exemplo grupos sociais que gostam de “rock and roll” estes procuram se trajar com roupas com o nome de suas bandas favoritas, geralmente de preto ou com representações que identifiquem seu gosto musical e os ideias que detêm por trás da música que ouvem. Alguns desses grupos são excludentes ou antagônicos dificilmente você encontrará um fã de “Heavy Metal” se relacionado com algum grupo de altamente religioso, ou de gosto musical diametralmente distinto como pagode. Essa é outra forma de construção da identidade muitas vezes ela advém desses conflitos de preferências sociais, dessa forma a relação e a demarcação da identidade muitas vezes não advém de relações harmoniosas e sim de conflitos de gostos antagônicos. Todavia há a possibilidade de mudanças e trânsito entre diversas identidades, elas não são imutáveis, elas são transitivas tão quanto as preferências do indivíduo. Dessa forma, podemos concluir que o ser humano é um ser social, e que as identidades são inatas dessa interação humana e construídas a partir da relação ( hamoniosa ou não ) com outros, esse conjunto de gostos distintos forma uma sociedade como um sistema complexo plural de diferentes gostos e estilos.

Aluna:Carolina Jürgensen Gonçalves 10361833.

Carolina Jürgensen Gonçal

Mensagens : 4
Data de inscrição : 25/04/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Jessica Alves em Qua Maio 17, 2017 8:47 pm

É possível diferenciar uma pessoa participante de um determinado grupo de outras muitas vezes pelas roupas que vestem. O mundo atual está muito estereotipado, por isso, hoje, é possível diferenciar distintas indentidades juvenis só pelo visual (Ex: aparência). Acredito que na própria EACH, muitas vezes, conseguimos identificar o curso de alguém pelo modo como ela se veste e sobre o que ela gosta de falar. Isso nao é de fato um problema, mas pode criar uma barreira entre as pessoas, tipo: você só pertence a esse grupo/curso/entidade se voce se veste como todos. Mas nao necessariamente exclui a convivencia com outras identidades juvenis.

Jessica Alves

Mensagens : 3
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Ana Magalhães em Qua Maio 17, 2017 9:18 pm

Os jovens buscam uma identidade própria ao mesmo tempo em que gostam de sentir como parte de algo maior, se associando ou seguindo estilos definidos por um grupo. Em alguns casos, a associação a um grupo não excluí a possibilidade de participar de outros similares ou comprementares, em outros, grande diferença, competitividade ou rivalidade impedem esta pluralidade.

Ana Magalhães

Mensagens : 2
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Liliane da Silva em Qua Maio 17, 2017 10:33 pm

Algumas identidades juvenis atuais são: os funkeiros e os rockeiros. A identidade é construída a partir da identificação com algo, algum grupo ou alguém. Os sistemas de representação são empregados para criar distinção quando uma peça de roupa "pertence" a um grupo e a outro não, ou quando usar uma cor representa identificação com determinado grupo. Os funkeiros e rockeiros, geralmente, não se dão tão bem, porém isso vem mudando, à medida que estão se abrindo mais as mentes para novas ideias e possibilidades.

Liliane da Silva

Mensagens : 4
Data de inscrição : 09/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Luis Henrique Zimmermann em Qui Maio 18, 2017 7:10 pm

As identidades se formam justamente no momento em que o jovem começa a adentrar na sociedade. Cada um com seus diferentes gostos, esses jovens procuram por pessoas que tem os mesmos gostos e gostam de praticar as mesmas coisas que eles. Isso se deve pois o jovem quer exercer algo dentro da sociedade, ele quer ser e fazer algo que ele goste, e isso começa nessa fase da vida, pois é quando as pessoas começam a se descobrirem, socializarem, etc.
As identidades variam bastante, podendo ser identificadas através de gosto musical(funkeiros, roqueiros), através do esporte(torcedores de um time), de uma prática comum(gamers) dentre outros. A questão da exclusao é relativa, pois por mais que existam rivalidades entre por exemplo, times de futebol ou generos musicais, nem sempre essas rivalidades se concretizam entre jovens com diferentes identidades, visto que existem muitos amigos que torcem pra times rivais, entre outras coisas. As vezes, pode existir um certo preconceito contra certas identidades, que sequer relacionam-se com a sua, como por exemplo, muitas pessoas "abominam" funkeiros, assim como podem existir pessoas de identidades completamentes opostas que nao se excluem

Luis Henrique Zimmermann

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Nataly Patti em Seg Maio 22, 2017 6:54 pm

No momento em que o jovem entra no processo de se encontrar em sociedade, a identidade juvenil tem papel muito relevante. Isso é desencadeado pois, uma vez que o adolescente está rodeado por pessoas que compartilham de mesmos gostos e pontos de vista o relacionamento se torna mais fácil e mais confortável, sendo esse um dos principais motivos dessa criação de identidades.
No entanto, alguns tipos de identidades acabam criando um certo preconceito com outras identidades, o que acaba fazendo com que certos grupos se tornem rivais e crie uma exclusão de identidades, fazendo com que certa pessoa só possa se encaixar em um determinado grupo a partir do momento que não compartilhar mais dos mesmos pensamentos ou gosto que existam em identidades diferentes.

Nataly Patti

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Diegomera em Seg Maio 22, 2017 7:02 pm

A identidade começa a se formar de forma mais sólida quando o jovem passa a conviver com a sociedade (seja em ambientes como a escola ou na rua e outros lugares públicos), a partir desse momento é comum que ele se junte a certos grupos que compartilhem interesses em comum, seja no modo de ser ou no estilo de se vestir.
Embora esses grupos não entrem em conflito normalmente, é comum que haja estranhamento entre eles, é comum que um grupo não se dê muito bem com outros, mas não é difícil de se ver jovens que alternam entre uma ou mais identidades

Diegomera

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Isabella Moraes de Souza em Ter Maio 23, 2017 10:36 am

Atualmente, existem inúmeras identidades sociais, especialmente difundidas pelas redes sociais e o avanço da globalização. Além dos otakus e beliebers, há inúmeras outras subculturas associadas à moda como fairy kei ou o gótico e outras que não se associam ao visual em si, mas a um tipo mais profundo de identificação, como otherkin e furry.
A aversão acontece nos grupos mais diferenciados e com comportamentos menos próximos do "padrão" exigido pela sociedade, ironicamente, como o que acontece comumente com os otherkin; grupo que se identifica com qualquer tipo de ser que não seja humano e considera-se parte dele.

Isabella Moraes de Souza

Mensagens : 2
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

RE: Identidade juvenis

Mensagem por Samia Katrinny em Sab Maio 27, 2017 11:34 am

As expressões mais visíveis das culturas juvenis têm sido entendidas de várias maneiras, Geeks e Ripsters são alguns exemplos de subculturas entre os jovens. Eles são uma tentativa de ganhar espaços na cultura dominante. São uma tentativa de, simbolicamente, expressar e resolver as contradições que vivenciam entre as diferentes forças culturais e ideológicas.
As formas culturais que se originam com os jovens também são assumidas pela vasta indústria da cultura juvenil, constantemente à procura do "novo som" ou do "novo visual". Estes estilos são vendidos a outros jovens para os quais eles podem ter significados diferentes. E estes estilos são usados pelos jovens no processo de auto definição, auto invenção e auto formação.
Pode haver a exclusão de outras identidades, mas isto não é uma regra, além disso, há uma parcela dos jovens que são inteiramente convencionais e não participam de grupos sub culturais. Eles podem "brincar" com estilos, mas raramente desenvolvem uma identidade sub cultural consistente.

Samia Katrinny

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Gabriel Viana de Moraes em Ter Maio 30, 2017 10:41 am

Identidades atuais como otakus (apreciadores da cultura japonesa, em especial dos "animes), geeks ( apreciadores de tecnologia, geralmente associados com os "nerds"), são grupos que são unidos por uma similaridade e eles tendem a relacionarem - se entre si, em detrimento de outros, contudo não há uma exclusão explícita ou gritante.
Outros exemplos são identidades ligadas ao alinhamento político ( coxinhas e mortadelas). Tais identidades possuem um grau de exclusão expressiva e, as vezes, violenta. Recentemente, uma nova identidade político está emergindo, os chamados libertários, e, devido a as suas similaridades com ambos os grupos, acaba sendo "rechaçado" pelos outros grupos, em uma tentativa de separar os libertários de seus valores.

Gabriel Viana de Moraes

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

[Re] Identidades juvenis

Mensagem por HugoBCuri em Ter Maio 30, 2017 10:50 am

Os grupos existentes atualmente visam uma identidade específica com algo que seja exclusivo (ou de destaque).
É possível participar de mais de um grupo? Sim, é possível. Mas existem alguns grupos que apresentam determinados "detalhes" que se contrapõe outros grupos. Por exemplo um grupo que utilize uma determinada com clara na roupa e outro q utilize uma escura. Assim, dificulta a participação nos dois nichos.
Existe preconceito entre os grupos? Não (ao menos não deveria). Por existir a exclusividade pode vir a gerar a rivalidade entre grupos(desde que seja uma rivalidade saudável, sempre Pacífica e livre de agressões), mas em alguns casos por conta de determinadas pessoas e não por culpa do nicho pode-se obter a violência e consequentemente o preconceito.

HugoBCuri

Mensagens : 4
Data de inscrição : 02/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Marcela Moraes em Qua Maio 31, 2017 12:13 am

Subculturas são praticamente o simbolo da juventude contemporânea, essas divisões se iniciam logo no primeiro momento em que a pessoa passa a interagir em meios sociais, como a escola por exemplo. Desde cedo a pessoa vai se juntar ao grupo que mais tem haver com sua personalidade ou gostos, exemplos dessas identidades são otakus (de animes, cosplays, mangás...), funkeiros (pessoas que escutam estilo musical funk mas não apenas isso como também se vestem de determinada maneira), digital influencers ( formadores de opinião da internet, costumam se vestir maneira coole tirar as melhores fotos), emos (gostam do estilo musicam punk rock, utilizam roupas pretas, as vezes piercings e tatuagens), os nerds (fãs de cultura pop, geralmente usam oculos e são timidos), etc. Apesar de parecer uma tendencia natural do ser humano se unir aos seus semelhantes isso acaba por gerar estereotipos de cada um desses grupos, levando cada vez mais ao afastamento das pessoas e geração de bolhas sociais.

Marcela Moraes

Mensagens : 3
Data de inscrição : 12/05/2017

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Identidades juvenis

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum